domingo, 18 de outubro de 2015

Bagunça de dia de mudança

Algo não anda bem
Há algo em nós que as vezes não se
Encaixa como antes
É como se algo não fosse bem assim

Nos amamos, mas algo se explode quando não sou
como você pensou.
Algo se rompe, quando as fronteiras no horizonte são ultrapassadas

Eu te amo, soa alto e tão claro para mim
Seu olhar não é o mesmo do que vi algum tempo
Quantas coisas que não sou mais?
Talvez eu esteja mudando para nunca mais...

Nos amamos, mas algo se explode quando não sou
como você pensou.
Mas algo se rompe, quando as fronteiras no horizonte são ultrapassadas

Eu não brilho tanto
Não sou bem a sua estrela,
Algo mudou, mas o amor está logo ali congelado
Ele está ali doente, resfriado

E como sarar essa febre
Se o que sinto é frio?
Como amenizar essa dor
Se o que sinto é este frio?

Não quero um novo começo,
Não quero que me salve,
Não preciso de um remédio,
Não precisa de um remédio

Não quero uma esperança
Não preciso de acidez nem delicadeza
Não preciso de sonhos, não estou sonhando.

Não é sonho não é realidade
Só acho que me deixei em algum canto
Só estou me procurando

Algo mudou e eu apenas
Estou tentando me encontrar na bagunça que fica nessas coisas de mudança.

(Lita L)

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Poemas: O Paciente Amor



O único sentimento paciente é o amor,
Porque ele espera sempre e eternamente
No seu infinito temporal,
No seu infinito atemporal.

Sentimento universal,
Que nunca se perde em meio a uma chuva torrencial,
É o único que vai criar um memorial,
A alguém especial.

Incrivelmente colossal,
Incrivelmente integral,
O amor de quem ama,
Muitas vezes, sentimento desigual
Muitas vezes, esse eterno drama,
De quem se engana,
Por não saber quem realmente ama.

Clama,
Proclama,
Chama,
Sem nenhuma vergonha.
Depois se deita e sonha.

O sonho infinito de quem realmente se ama.

(Lita L.M)

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Poemas: Calma - Somos os protagonistas!!



Calma,
Calma,
Calma.

As coisas estão dando certo,
De um jeito que eu não pensei,
Mas está dando certo.

Está tudo em ordem,
Agora sinto que está tudo bem.

Calma,
Calma,
Calma.

A vida está seguindo o seu curso,
Linhas tortas foram escritas certas,
Para mim.

Calma,
Calma,
Calma.

Eu não perdi,
Eu consegui,
De um jeito diferente.

Calma,
Calma,
Calma.

Está tudo escrito,
Está tudo pronto,
Então vamos lá,
Está na hora da nossa cena,
Somos os protagonistas!!

(Lita L.M)

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Ecoando sonhos




Todos nós temos uma grande ferida que não deixamos ninguém ver ou tocar, mas de repente quando encontramos um remédio, temos que expor-la e então enquanto cuidam desse ferimento nos sentimos como se tivessem nos machucando mais, porque na realidade você deixou essa ferida infeccionar, você deixou aquilo se torna o seu ponto fraco... Você não cuidou daquilo... E dói ter que cuidar disso agora, porque na realidade você foi deixando isso de lado.

É compreensível, você só obedeceu ao aviso de “não se aproxime” enorme que tinha lá, mas você tem que ser forte, porque quando ela estiver tratada, cicatrizada, você não vai precisar mais esconde-la de ninguém, você vai ter a sua cicatriz, mas isso será uma boa lembrança, você cuidou de si mesmo, se deu uma chance de cura.

Não tenha medo de se curar, de mostrar suas feridas, todos nós estamos aqui machucados, cheios de magoas, tristezas, dores, remorsos, raiva, ódio, medo, arrependidos... Mas nós estamos aqui também para tratar disso, sempre existe uma salvação, não estamos perdidos.

Se você não encontrou o seu remédio, eu vou te contar um segredo... Você é seu único remédio. Não importa quantas pessoas você ama e que te amam, você é o responsável por suas decisões, você tem o seu livre arbítrio, então diga SIM, diga SIM para a vida, diga SIM, EU SOU A MINHA CURA!

As coisas vêm com o tempo, mas se você não se prepara como vai conseguir recebê-la? Uma pessoa não vai à sua casa se você não convidá-la, assim como você também não vai querer recebê-la se a sua casa estiver uma zona.

Você precisa arrumar o seu lar, e quando eu digo arrumar, quero dizer organizar a bagunça, jogar as coisas sem utilidade fora... Fazer uma faxina se assim é mais fácil.

Mas daí você sabe que não dá para fazer uma faxina desse porte de um dia para o outro, então comece agora e quando tudo estiver certo, as coisas vão acontecer.

Eu gosto muito de observa o céu à noite e ver as estrelas, existe uma magia nisso, porque muitas dessas estrelas estão mortas, mas a sua luz brilha até hoje. Então eu penso, se elas que morreram a milhares de anos ainda brilham, porque nós que estamos vivos não podemos brilhar?

Ir dormi e acorda no outro dia, essa é a beleza da vida, mesmo que o dia seguinte seja um dia pesado e triste, mas você luta, e é essa luta que te leva todos os dias para a sua cama e te faz dormi e acorda no outro dia. Você luta todos os dias para melhorar, ninguém guerreia todos os dias para nada.

Já olhou para o céu hoje? Já viu o sol? Já viu como o céu está azul? Isso não preenche um pedaço de você? Ele existe porque você precisa dele. Você precisa dele porque ele existe.

As estrelas ecoam a sua luz, ecoe os seus sonhos!!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Música: Então porque tanto medo?

Eu posso te entender
Então porque tanto medo?
Você se afasta,
E por que tanto medo?

Eu preciso lidar com muita coisa,
E eu só sei que tenho que ser forte.
Eu te disse que você é especial
Então por que tanto medo?

Me decepcionar
Eu me decepciono o tempo todo,
Me chatiar
Eu me chateio o tempo todo.

As emoções que você guarda,
Elas vão te matar,
Como um furacão
Elas vai te levar.

Então pra quê tanto medo?
Se as coisas vem e vão,
O que você não consegue
É escutar a razão.

Você precisa ser corajoso,
Seja corajoso,
Procure você mesmo,
Enfrente o medo.

É tanto sentimento,
Não se deixe enganar por eles.

Porque você não consegue encontrar uma libertação
Para o seu coração.

Eu preciso lidar com muita coisa,
E eu só sei que tenho que ser forte.
Eu te disse que você é especial
Então por que tanto medo?

Eu posso te entender
Então porque tanto medo?
Você se afasta
E por que tanto medo?

Então pra quê tanto medo?
Se as coisas vem e vão,
O que você não consegue
É escutar a razão.

Eu não posso estar dentro da sua cabeça,
Mas também entendo que talvez você queira,
Ir embora...

Eu preciso lidar com muita coisa,
E eu só sei que tenho que ser forte.
Eu te disse que você é especial,
Então por que tenho tanto medo?

(Lita L.M)

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Poemas: É preciso

É preciso não se perde a doçura
É preciso achar o simples explendido
É preciso viver uma vida por completo
É preciso ver um passarinho e se encantar
É preciso sentir um sentimento puro
É preciso sorrir por nada
É preciso ser tão feliz que a felicidade não caiba no peito.
É, só preciso.

(Lita L.M)

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Poemas: Anônimo

"Eu parti e sinto muito,
Eu fui embora e sinto muito.
Não sei porque sinto tanto,
Mas eu sinto...
Sinto outras coisas também,
Estou mudando... 
Anônimo estou partindo,
Estou quebrando isso,
E eu sinto tanto,
Não estou pronta para ir,
Mas anônimo só... 
Me desculpe por deletar você.
É sempre um erro,
Mas se estou errando, é porque
Você é invisível.
Me desculpe preciso ir...
E mesmo assim, eu sinto tanto
Por ter que partir."